20 janeiro 2016

Casamento destruído? 7 dicas que funcionam para recomeçar!






Por que os casamentos acabam? Seria possível identificar as falhas que causam a ruína de um casamento? Existem modos de se recomeçar um casamento? Aqui você encontra todas as respostas.
Em nenhum outro momento da história da humanidade foi tão necessário olhar para as famílias como tem sido agora. Atualmente, as famílias são o alvo principal das maldades mundanas. É muito frequente vermos casamentos destruídos e famílias desfeitas pelo divórcio, que aliás, parece ser a palavra da vez.
Por que os casamentos acabam? Seria possível identificar as falhas que causam a ruína de um casamento? Existem modos de se recomeçar um casamento?
Se você tem passado por momentos angustiantes em seu casamento ou conhece alguém nessa situação, você precisa ler as sete sugestões que separamos para você. São dicas para começar de novo, que funcionam.
Eis as dicas:


1 - Compreender as diferenças

Em um casamento, somos cavaleiros vindos de partes opostas, com culturas e tradições diferentes. E o primeiro passo para os que estão interessados em reconstruir seus casamentos é compreender essas diferenças e entender que ambos têm muito a contribuir, de maneiras distintas.


2 – Apreciar o casamento

Apreciam suas qualidades, sua história, sua essência, seus valores, etc. Devemos apreciar nosso casamento, olhando-o com zelo e admiração por tudo o que ele significa para nós. Aos que procuram reerguer a "estátua" de seus casamentos, é necessário apreciar e relembrar a importância dele.

 3 – Observar as pequenas coisas

Reconstruir um casamento significa repensar nas pequenas coisas, pois “é por meio de coisas pequenas e simples que as grandes são realizadas”.


4 – Escolher o certo

No casamento temos o "poder" de machucar gravemente nosso cônjuge. Mas ao tentar recomeçar, devemos fazer a escolha certa de protegê-lo, principalmente nas suas piores fraquezas. Sabemos que estamos num campo de batalha, mas o inimigo não é nosso cônjuge, devemos ser aliados contra os males do mundo.


Dica 5 – Conversar com alguém

Quando estamos reconstruindo nosso casamento, é normal e saudável conversarmos com outras pessoas, mas precisamos ter o cuidado de escolher sabiamente os nossos aconselhadores, que deve ser alguém de confiança e que esteja realmente disposto a ajudar, como terapeutas de casais ou líderes religiosos.


6 – Estar dispostos a ouvir

O fato de procurarmos por bons aconselhadores de nada adiantará, se não estivermos dispostos a ouvir suas sábias palavras. Precisamos entender que a pessoa está realmente querendo nos ajudar, e possui conselhos que podem ser de grande valia na reconstrução de nosso casamento. Seus conselhos podem nos fazer refletir sobre nossos erros e como podemos minimizá-los.


7 – Colocar-se no lugar do outro

Precisamos ter o sentimento de empatia em nosso casamento, e isso requer que nos coloquemos frequentemente no lugar de nosso cônjuge. Cada um dos cônjuges precisa ter a firme decisão de passar para o outro lado para tentar ver cada questão como o outro a vê, essa atitude pode impedir que divórcios aconteçam.
Agora é hora de colocar em prática as sete dicas para recomeçar seu casamento. Acreditamos que se ambos os cônjuges estiverem dispostos a tentar, o final será feliz.

“[...] quando nos livramos do medo de sofrer e perdoamos, sentimos amor total e comunhão com o outro.”
Tenha um feliz recomeço!

(Jarleyde Andressa Sales de Oliveira)


janeiro 20, 2016 / by / 1 Comentários

Sugestões de presentes - Afiliados.